BAIXAR

HINO: 724
Ponto para meditar:

“Restrito eu estou, não posso mais sair; as minhas asas presas são, mas livre o coração; prisões não podem me tirar a liberdade interior” – Madame Guyon

Amados irmãos das igrejas da Bahia e Sergipe,

Estamos no meio de uma grave pandemia global, conhecida como COVID-19, causada por um novo coronavírus. Devemos responder a esse desafio dando a melhor cooperação possível ao Senhor para proteger os santos e as igrejas.

Desejamos que não sejamos encontrados sem uma consciência adequada e sóbria da seriedade da nossa situação e, portanto, deixemos de lado a preparação e as medidas de proteção. Como o impacto potencial da pandemia parece ser incomparável nos últimos 100 anos, estamos propensos a subestimar a seriedade do que está à nossa frente.

Dar atenção a esses assuntos não apenas protege os interesses do Senhor, mas também a saúde e a sobrevivência dos santos; é também nossa responsabilidade e contribuição necessárias para a contenção e eventual controle da pandemia do COVID-19,bem como nos unir em oração para  transformar limitações, devido a um ambiente adverso, em oportunidades para pastorear e edificar uns aos outros e à igreja.

A igreja não deve entrar na maneira de mera sobrevivência ou estar na defensiva, mas prosperar de uma maneira nova e positiva.

Oremos para que nestes tempos mais difíceis, tenhamos também o encargo de contatar os membros fracos e desanimados e reconectá-los ao Corpo.

ENTÃO OREMOS:

01 – Orar para que a pandemia do novo coronavírus não avance mais.

02 – Orar para que possamos manter sempre o espírito de comunhão e desfrute da palavra, evitar o isolamento e estar sempre em contato com os santos por meio das mídias (celular, redes sociais e e-mails);

03 – Orar pelos irmãos e irmãs idosos, bem como aqueles que fazem parte do grupo de risco

04 – Orar para que transformemos essa crise em oportunidade dada por Deus para Sua igreja proclamar Sua salvação às pessoas no mundo;

05 – Orar membros enfermos, fracos e desanimados;

06 – Orar para que os irmãos e irmãs aproveitem a oportunidade para serem sacerdotes que laboram no evangelho a fim de pregar o evangelho (Rm 15:16). Quer estejamos em casa ou longe de casa, quer contatemos pessoas visitando ou pela internet, todos devemos nos unir a essa batalha em grupos de dois e três para que o Senhor possa ganhar uma grande vitória nesse assunto, que Seu inimigo seja envergonhado, a igreja possa ser edificada e Deus seja glorificado.